Policiais militares de várias regiões do Estado participaram, na última semana, do Curso de Formação de Instrutores do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) em Farroupilha. A programação ocorreu no antiga casa de retiros na Comunidade de Nossa Senhora de Caravaggio.

De acordo com o major Juliano Amaral, subcomandante do 36º Batalhão de Polícia Militar, o curso tem como objetivo capacitar policiais militares para aplicação dos currículos do Proerd nas escolas de seus municípios. O curso com carga horária de 110 horas-aula começou no dia 25 de novembro e encerrou na última sexta-feira.

Ao todo, 36 policiais participaram das aulas. O Reitor do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, Padre Gilnei Fronza participou de um dos encontros e parabenizou os policiais pela escolha em procurar qualificação nesse importante contexto que é o ensinamento aos jovens, crianças e adolescentes.

 

 

O padre também destacou a importante integração que Caravaggio tem com a Brigada Militar: a parceria vai além do período da Romaria anual, já que há a continuidade dos serviços por meio do Policiamento Comunitário que ocorre na comunidade.

Major Juliano reforça que após formados instrutores, os policiais do Proerd deverão assumir turmas de alunos nas comunidades escolares, em suas localidades de trabalho, conforme planejamento de cada comando, orientando estudantes, nas redes escolares públicas e particulares do Rio Grande do Sul, além da atuação na prevenção geral no ambiente escolar.