Há 139 anos na Serra Gaúcha, caminhantes deixam suas casas e rumam ao Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha,
para agradecer e pedir proteção a Caravaggio. Nesta romaria, com grande público que aproveitou as boas condições climáticas, as histórias de fé se multiplicam. Zélia Ana Severo é um dos exemplos de gente que acredita na força da Mãe de Caravaggio. Ela depositou toda confiança em Nossa Senhora quando sua filha nasceu. Com um ano de idade, adoeceu e precisou ser hospitalizada. Ficou três meses padecendo no hospital. O final feliz da história só aconteceu porque Zélia recorreu à santa, acredita.

_ Eu entreguei minha filha para Nossa Senhora de Caravaggio e ela ficou boa. Eu amo Nossa Senhora de Caravaggio, ela é minha mãe. E Deus é amor_ define.

Fé também moveu cerca de 300 jovens que caminharam do Martcenter Shopping, na ERS-122, em Caxias, até o Santuário, em Farroupilha. A saída foi às 6h30min e a chegada às 10h. O grupo foi ganhando adesão ao longo do caminho, e a chegada ao Santuário aconteceu em meio a cânticos e muita animação. Eles usaram lenços brancos que usaram para acenar durante o caminho. Os jovens animaram a missa campal das 10h30min, conduzida por Dom Alessandro Ruffinoni.

_ É muito bacana poder expressar nossa fé como jovens_ disse um dos participantes da 5ª Romaria da Juventude, Jonatan Melo.