Gratidão! Este é o sentimento que resume as palavras do Santo Padre ao final da celebração de canonização e antes de rezar o Angelus com os milhares de fiéis reunidos na Praça São Pedro em um domingo de festa para a Igreja.

Francisco iniciou agradecendo aos cardeais, bispos e sacerdotes de todo o mundo, assim como “às Delegações oficiais de muitos países, que vieram prestar homenagem aos novos santos, que contribuíram para o progresso espiritual e social de suas respectivas nações”.

Em particular, o Papa saudou a Rainha Sofia, o Presidente da República Italiana, os Presidentes do Chile, El Salvador e Panamá, presentes na Missa.

Também foi dirigido um “pensamento especial (…) a Sua Graça Rowan Williams e à delegação do Arcebispo de Cantuária, com profunda gratidão por sua presença”.

O Pontífice também agradeceu a todos os peregrinos presentes e a todos que acompanharam a cerimônia pela rádio e televisão. “Em particular, saúdo o grande grupo da ACLI, muito agradecidos ao Papa Paulo VI.”

Antes de rezar o Angelus, o Papa pediu a Virgem Maria, “a primeira e perfeita discípula do Senhor, para nos ajudar a seguir o exemplo dos novos santos”.