Caso a situação da pandemia siga no estágio atual, programação será toda online e de portas fechadas ao público

 

A fé, a religião e a esperança são importantes aliados para que a sensação de medo e solidão não se fortaleça diante da pandemia do Covid-19. Mais do que nunca, é preciso refletir e rezar para que a vida de todos nós mantenha-se em prioridade e segurança! Por isso, restando dois meses da 141ª Romaria de Nossa Senhora de Caravaggio, no Santuário de Farroupilha, a programação de missas e preparação para a data festiva não deixará de ocorrer: no entanto, a tendência é que seja virtual, de portas fechadas ao público, sem aglomerações. O fiel poderá se sentir em meio a milhares de devotos ao prestar homenagens para a Virgem de Caravaggio, ainda que no mundo online. A organização do evento acompanha as notícias sobre o avanço da pandemia para que qualquer decisão final sobre a realização do evento seja tomada. A 141ª Romaria de Nossa Senhora de Caravaggio ocorre nos dias 23, 24 e 26 de maio.

 

A 141ª Romaria a Nossa Senhora de Caravaggio terá como lema “Ó Maria, mãe compassiva, ajudai-nos a cuidar o dom da vida!”. O tema desta edição é um retrato dos pedidos que a humanidade faz neste momento de calamidade e temor. “O dom da vida é o que de mais precioso e importante nós temos. Nos basta entender a gravidade do que está acontecendo no mundo, respeitar as orientações dos órgãos mundiais de saúde e rezar para que a Mãe de Caravaggio interceda por todos. É preciso dar sentido a vida”, afirma o reitor do Santuário, padre Gilnei Fronza. “A romaria não deixará de acontecer, mas de uma maneira diferente, segura, simbólica. É importante que a fé siga amparando um a um. São dois meses até lá e, se o cenário do país for bastante diferente, avaliaremos novamente esta decisão de manter a programação apenas virtual”, acrescenta.

 

 

O hino também já está pronto: na voz e composição do cantor Leandro Ávila, ele tem em sua letra um apelo importante no instante em que o mundo se volta a um risco tão grande: “’Neste tempo de enfermidade e provação para proteger a vida, despertai nosso louvor, despertar a nossa oração: é quase uma oração, uma súplica para que tenhamos a proteção da Virgem de Caravaggio neste momento de tanta dificuldade e dúvida”, conta Ávila.
Instagram, Facebook, YouTube e WebRádio serão alguns dos formatos em que as missas poderão ser transmitidas – aliás, os fiéis que já desejam acompanhar a programação do Santuário podem acessar as redes sociais e conferir diariamente as transmissões (veja abaixo os horário e a forma de acompanhar). Na última edição da festa, mais de 500 mil acessos foram contabilizados nas plataformas de transmissão.

Neste ano, a Romaria de Nossa Senhora de Caravaggio será uma oportunidade de reflexão sobre o verdadeiro “sentido da vida” e do que se pode fazer para vencer a “globalização da indiferença”. A percepção é de que a vida, ao mesmo tempo que é um privilégio, um dom, torna-se para nós uma grande responsabilidade, um verdadeiro compromisso, exigindo uma preocupação mútua.
A indiferença, a insensibilidade ou até mesmo o ódio são visíveis em tantas situações dramáticas que estão à nossa volta. Tudo o que viola a integridade da pessoa humana, tudo o que ofende a dignidade da pessoa humana e tudo o que se opõe à vida ofende a Deus, Criador de todas as coisas. Para o cristão, então, a prática do ensinamento de Jesus Cristo, pela capacidade de compaixão e da ética do cuidado, é uma urgência.
Quando da aparição de Nossa Senhora à camponesa Joaneta, em 1432, a vida e a dignidade da pessoa humana estavam fortemente ameaçadas. A Virgem Maria, então, foi um sinal da compaixão amorosa de Deus e do cuidado com a vida. Que a mesma Virgem Maria, aqui sob o nome de Nossa Senhora de Caravaggio, nos ajude a perceber a realidade em que estamos vivendo, a julgar nossas atitudes a partir do critério do Evangelho de Jesus Cristo, e a viver sempre mais o elo que existe entre o amor a Deus e ao próximo, como a nós mesmos. Redescobrindo o verdadeiro sentido da vida, possamos todos amar e cuidar, porque a vida é, ao mesmo tempo e sempre, um grande dom e um exigente compromisso.

 

 

LETRA DO HINO

Ó Maria mãe do cuidado
Neste tempo de enfermidade e provação
pra proteger a vida,
Despertai nosso louvor, despertai a nossa oração
Pra que venha o vosso reino, de justiça de amor
por todos os povos da terra
nosso clamor, nossa oração

Ó mãe de Caravaggio, Ó Maria, mãe compassiva
Ajudai-nos a vencer a indiferença, a cuidarmos do Dom da vida.
Ó mãe de Caravaggio, Ó Maria, mãe tão querida
Ajudai-nos a vencer a indiferença, a cuidarmos do Dom da vida.

Ó Maria, mãe de ternura,
Ensinai-nos, a verdadeira compaixão
Dai-nos a graça de reconhecer teu filho,
No rosto de todos os irmãos,
No pobre, na criança , no idoso, no encarcerado,
Em quem tem fome de amor,
Em quem que tem fome de pão.

 

Ficha técnica:

Autor de letra e música: Leandro Ávila

Arranjo e produção: Rodrigo Ziliotto

Violão, Contrabaixo e Instrumentos virtuais: Rodrigo Ziliotto

Piano: Luis Henrique “New”

Guitarra: Renan Marchetto

Voz: Leandro Ávila e Mariana Ávila

Vocais: Gilmar Ziliotto, Mariana Ávila e Rodrigo Ziliotto