Mais um importante passo dentro do Plano Diretor do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, de Farroupilha, foi dado: a iluminação da igreja está de cara nova e com características ecologicamente corretas. Isto porque desde a última semana, houve a troca das luminárias que promoveram, além de uma expressiva economia na conta de luz, uma aparência estética ainda mais bonita ao Santuário.

Um dos proprietários da empresa responsável pela obra, a Luminescence, André de Bacco afirma que, até então, o Santuário contava com apenas uma lâmpada externa de vapor metálico, tecnologia antiga, com alto consumo de 2 mil watts e que iluminava somente a faixada da direita da igreja. Após a troca do sistema de iluminação, entregue na última semana, foram instaladas três luminárias de led de uso profissional: dos lados direito, esquerdo e central.

 

 

O que mais chama a atenção é que, mesmo triplicando a capacidade de iluminação, o consumo de cada lâmpada é de apenas 180 watts, consumindo, ao todo, 540 watts. “Usamos uma tecnologia bastante especial que provoca essa iluminação em todo entorno da Igreja. Mais um segredo para que o resultado fique tão bonito é a temperatura da cor e o índice de reprodução de cores, que foi altíssimo. Assim, temos uma reprodução fiel de cores e um resultado final lindíssimo, que impressiona até mesmo nas fotografias”, detalha de Bacco.

 

 

O reitor do Santuário de Caravaggio, padre Gilnei Fronza, explica que esta é uma das etapas previstas no Plano Diretor, executado pouco a pouco, e que garante melhorias na conservação do Santuário, além de sempre observar características econômicas. “A ideia é que, na medida que alcançamos recursos, ir fazendo as melhorias em harmonia com a proposta do plano diretor”, afirma. O reitor também adianta que os próximos passos devem contemplar melhorias internas no Santuário, mas ainda sem data prevista.