Na noite de 14 de setembro, 15 jovens catequizandos, das comunidades da Paróquia de Nossa Senhora de Caravaggio, estiveram reunidos para a celebração do Sacramento do Crisma. A cerimônia, que iniciou às 19hs foi presidida pelo Pe. Jairo Gusberti, que representou o bispo diocesano. A comunidade do Santuário, juntamente com os crismandos, seus padrinhos e madrinhas, e familiares se reuniram para participar deste momento de oração e unção, na qual os jovens receberam a confirmação da fé cristã, pelos dons do Espírito Santo. O sacramento do Crisma é, por excelência, o momento em que os jovens confirmam sua fé em Jesus Cristo e são ungidos na testa com o óleo perfumado, de modo que, a partir daí, com a força do Espírito, podem ser no mundo presença e odor do próprio Cristo. O dom do Espírito Santo é força e vitalidade que torna possível a vivência dos valores cristãos no seio da sociedade.

 

 

Nos dizeres da liturgia de tal celebração, a Palavra de Deus recordou o momento da unção do próprio Jesus, como missão a ser abraçada por todos os cristãos: “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção para anunciar a Boa-nova aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os oprimidos e para proclamar um ano da graça do Senhor”. (Lc 4, 18-19).

 

 

O caminho de Iniciação à Vida Cristã pode ser ainda mais frutuoso com a prática da oração e peregrinação. No desejo de vivenciar uma experiência mais profunda do mistério da fé, um grupo de crismandos da Paróquia São Pedro e São Paulo de Nova Roma do Sul, esteve visitando o Santuário de Caravaggio, neste sábado. Além de realizarem o Roteiro de Peregrinação, os catequizandos participaram da Santa Missa das 15hs, no interior do Santuário.

O Roteiro de Peregrinação, preparado para grupos de catequizandos, que compreende a visita a vários lugares que compõem o conjunto do Santuário, propicia uma melhor contemplação da história de fé e devoção da Virgem de Caravaggio. No Santuário, os grupos de catequizandos podem experienciar momentos de espiritualidade com a récita do terço e a participação das celebrações eucarísticas, além de adquirirem conhecimento sobre a história da Devoção à Nossa Senhora de Caravaggio e a explicação sobre a fundamentação teológica dos espaços sagrados.

O Papa Francisco, explicando sobre a devoção à Virgem Maria, aponta que “Maria é a mãe que vela por seus filhos, estes filhos que caminham pela vida, muitas vezes cansados, carentes, mas querendo que a luz da esperança jamais se apague. Nossa mãe olha para este povo peregrino, povo de jovens querido por ela, que a busca fazendo silêncio no coração […]. Diante dos olhos da mãe, só cabe o silêncio esperançoso. E assim Maria ilumina novamente nossa juventude”. (Christus Vivit, 48).