Pré-romarias antecedem a 140ª Romaria de Nossa Senhora de Caravaggio

Foi no lombo do cavalo ou a bordo de jipes que romeiros expressaram a fé e chegaram ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha, neste sábado (11) que antecede o Dia das Mães. Pelo menos 1,2 mil cavalarianos participaram da 26ª Cavalgada da Fé e 1ª Cavalgada da Integração. À tarde, foi a vez do barulho do motor de 400 jipes ecoarem na Esplanada do Santuário, na 12ª Pré-Romaria dos Jipeiros. 

 

 

A distância e o tempo de cavalgada indicam o tamanho da devoção de um grupo de Triunfo que rumou ao Santuário de Farroupilha: mais de 70 quilômetros, ou mais de um dia de cavalgada, uniram os devotos à Santa neste sábado. Nem chuva, neblina ou frio atrapalharam os planos do grupo, já que havia uma forte razão para estarem ali. Foi na romaria de Caravaggio do ano passado que o empresário Cristiano Batista Volkweis, de Triunfo, descobriu que um de seus grandes amigos havia sido diagnosticado com leucemia. Há um ano, ele pedia pela saúde de Vilmar Schneider em prece e visita ao Santuário. Na cavalgada deste sábado, os amigos estavam juntos agradecendo a cura de Vilmar, e celebrando a força da fé e da amizade.

– Quando fiquei sabendo que estava bem complicada a situação dele, eu pedi a cura e rezei muito. Então, a promessa que fiz era essa: levar ele junto neste ano, e é o que estamos fazendo – afirma Cristiano, ao lado de Vilmar.

 

 

 

 

Grupos de cavalarianos de diversos pontos da Serra participaram do encontro – há registros de cavalgadas que partiram de Tupandi, Estrela, Vespasiano Corrêa, Bento Gonçalves, Veranópolis, Caxias do Sul e outras cidades. O encontro foi às 8h no Campus 8, em Caxias do Sul, e seguiu em romaria, acompanhados da imagem de Caravaggio, até o Santuário. A chegada aconteceu próximo das 11h, e houve celebração campal presidida pelo reitor do Santuário, padre Gilnei Fronza.

 

 

– Há quem espere o ano inteiro pelo evento, para vir ao Santuário no lombo do cavalo. Este ato une o lado campeiro com a fé e religiosidade, há muita adesão por parte dos cavalarianos da região- descreve o presidente da 25ª Região Tradicionalista, Rodrigo Ramo.

Por volta das 14h, um grande número de jipeiros se encontrou no início da Estrada dos Romeiros e seguiu até o Santuário para participar da missa das 15h. A ideia do grupo é agradecer pela proteção nos passeios e trilhas de aventura que jipeiros gostam de participar.

 

 

 

 

 

– Nós agradecemos os dias difíceis e por voltar sem se machucar dos passeios. E os jipes clubes têm grupos de amizade forte, que tem bastante a ver com o lema da festa deste ano que valoriza a cultura do encontro- ensina um dos organizadores do evento, Remo Pasqual.

 

 

 

Motoristas de jipes, quadriciclos, camionetes vieram de cidades como Bom Princípio, Flores da Cunha, Garibaldi, Farroupilha, Bento Gonçalves e Alto Feliz. À tarde também, um grupo com dezenas de corredores criou a Romaria Trail Runners Caxias e chegou ao Santuário para receber bênção. Eles vieram pela ERS-122 e percorreram 21 quilômetros até o Santuário. 

A 140ª edição da Romaria de Nossa Senhora de Caravaggio ocorrerá nos dias 25 e 26 de maio, sábado e domingo, com expectativa de público semelhante às últimas edições – cerca de 140 mil pessoas são aguardadas nos dois dias de festa, em caso de boas condições climáticas. O lema deste ano atende a um insistente desejo do Papa Francisco, quando pede para que seja vencida a cultura da exclusão, do descartável e da globalização da indiferença: “Com Maria, a Mãe de Jesus, por uma cultura do encontro”.

DIA DAS MÃES

O domingo em que é celebrado o Dia das Mães tem missas às 6h30min, 8h, 10h, 11h, 14h, 15h, 16h e 17h.